Postado em 03 de Fevereiro de 2016 às

África do Sul poderá importar carne suína in natura brasileira.

CleanTec do Brasil Integrante da União Aduaneira da África Austral (SACU), com a qual o Brasil firmou acordo de preferências tarifárias fixas em 2008, a África do Sul pode começar a importar carne...

Integrante da União Aduaneira da África Austral (SACU), com a qual o Brasil firmou acordo de preferências tarifárias fixas em 2008, a África do Sul pode começar a importar carne suína in natura brasileira. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF) negocia com o País o certificado sanitário deste tipo de produto para venda livre. Hoje, a certificação é válida apenas para a carne suína processada.

As autoridades sanitárias da África do Sul realizam avaliação de risco de cortes de carne suína, e o Brasil forneceu um manual para apreciação. Alguns, no entanto, não foram aceitos, e o texto está sendo revisado para posterior envio à África do Sul. leia mais...
 

Veja também

Convênio é renovado para dar continuidade a ações de proteção à avicultura.01/03/17 A união entre o setor avícola e o governo paulista, estabelecida em 2006, foi a grande responsável pela manutenção dos bons índices da avicultura no Estado. Por isso, o convênio entre a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA, São Paulo/SP) e a Associação Paulista de Avicultura (APA) foi renovado. Leia mais......
Desafios da avicultura brasileira é tema de Conferência Facta 2017.22/11/16 A Conferência Facta, um dos principais eventos técnicos da avicultura, será realizada entre os dias 23 e 25 de maio, na Expo D. Pedro, em Campinas (SP) e terá como tema “A avicultura brasileira superando desafios”. O......

Voltar para Notícias