Postado em 03 de Fevereiro de 2016 às

África do Sul poderá importar carne suína in natura brasileira.

CleanTec do Brasil Integrante da União Aduaneira da África Austral (SACU), com a qual o Brasil firmou acordo de preferências tarifárias fixas em 2008, a África do Sul pode começar a importar carne...

Integrante da União Aduaneira da África Austral (SACU), com a qual o Brasil firmou acordo de preferências tarifárias fixas em 2008, a África do Sul pode começar a importar carne suína in natura brasileira. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF) negocia com o País o certificado sanitário deste tipo de produto para venda livre. Hoje, a certificação é válida apenas para a carne suína processada.

As autoridades sanitárias da África do Sul realizam avaliação de risco de cortes de carne suína, e o Brasil forneceu um manual para apreciação. Alguns, no entanto, não foram aceitos, e o texto está sendo revisado para posterior envio à África do Sul. leia mais...
 

Veja também

Volume de carne bovina in natura exportado cresce 13% em setembro.06/10/16 A Secretaria de Comércio Exterior (Secex) divulgou que as exportações brasileiras de carne bovina in natura apresentaram um crescimento no mês de setembro em comparação com agosto. Somente na categoria de carne in natura, o Brasil exportou 93 mil toneladas, com faturamento de US$ 388 milhões. Segundo informações da Associação Brasileira......
Ambiência e desempenho de suínos é tema de palestra no SBSS.29/07/16 De 09 a 10 de agosto, a cidade de Chapecó (SC) recebe o IX Simpósio Brasil Sul Suinocultura e a VIII Brasil Sul Pig Fair, no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nês. O evento técnico abordará os principais desafios da......

Voltar para Notícias