Postado em 03 de Maio de 2016 às 09h11

Após EUA, Porto Rico também abre mercado para carne suína brasileira

CleanTec do Brasil Seguindo os passos dos EUA, Porto Rico abriu seu mercado para a carne suína produzida pelo Brasil. É o que indica a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA, São Paulo/SP),...

Seguindo os passos dos EUA, Porto Rico abriu seu mercado para a carne suína produzida pelo Brasil. É o que indica a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA, São Paulo/SP), após o país ter aceitado o modelo de Certificado Sanitário Internacional (CSI) proposto pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF).

Segundo o presidente-executivo da ABPA, Francisco Turra, a venda de produtos equivalentes a seis contêineres já foi efetivada para o mercado porto-riquenho. “É mais um mercado para o setor brasileiro, que tem buscado abrir o leque de países para os quais exporta, diminuindo a dependência de grandes compradores”, destaca Turra.

O fato de seguir uma legislação tão detalhada quanto a do mercado norte-americano, segundo o vice-presidente técnico da associação, Rui Eduardo Saldanha Vargas, coloca Porto Rico entre os mercados de referência para o comércio internacional. Para ele, “é uma conquista que fortalecerá ainda mais o setor brasileiro”. Leia mais...
 

Veja também

Índice de Confiança do agronegócio cresce 4,2 pontos no trimestre11/11/16 Uma pontuação igual a 100 pontos corresponde à neutralidade, resultados acima disso indicam confiança. Por isso, de acordo com o valor apontado pelo Índice de Confiança do Agronegócio (ICAgro) do 3º trimestre, que foi de 106,3 pontos, com alta de 4,2 pontos em relação ao trimestre anterior, demonstra maior confiança no setor. O......

Voltar para Notícias