Postado em 24 de Agosto de 2016 às 10h20

Aquicultura precisa de competitividade em preço e qualidade.

CleanTec do Brasil Apesar de possuir grande potencial aquicultor, o Brasil detém menos de 1% da produção mundial aquícola, quando, nas palavras da assessora Técnica da Comissão Nacional de Aquicultura da...

Apesar de possuir grande potencial aquicultor, o Brasil detém menos de 1% da produção mundial aquícola, quando, nas palavras da assessora Técnica da Comissão Nacional de Aquicultura da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA, Brasília/DF), Lilian Figueiredo, poderia crescer em 104% e produzir, de maneira sustentável, 20 milhões de toneladas por ano. Os dados são baseados nas informações da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). “Precisamos aperfeiçoar toda a cadeia para que o preço e a disponibilidade do pescado brasileiro melhorem”, observa.
A FAO ainda divulga que o pescado é a proteína animal que vai alimentar o mundo. Atualmente, o setor aquícola movimenta US$ 600 bilhões de dólares e US$ 55 bilhões em exportações anuais, tem um mercado duas vezes maior do que o complexo soja, sete vezes maior do que o negócio de carne bovina, nove vezes maior do que o de carne de frango e 20% maior do que o de calçados. Leia mais...

Veja também

Preço dos ovos bate recorde.16/02/16 Segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea, Piracicaba/SP), os preços dos ovos tipo extra brancos e vermelhos são os maiores já registrados, em termos nominais, em praticamente todas as regiões pesquisadas. Motivados pela intensificação dos descartes de poedeiras, já programados para janeiro, os valores vêm subindo desde......
Mercado brasileiro de aves e suínos é exaltado na China.25/05/17 Saldo positivo. Foi assim que foi definido o término das ações comandadas pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA, São Paulo/SP), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção......

Voltar para Notícias