Postado em 26 de Setembro de 2017 às

Argentina abre mercado para volta das importações de carne brasileira.

CleanTec do Brasil Após cinco anos de negociações entre as autoridades sanitárias dos dois países, o mercado argentino foi reaberto à carne bovina in natura brasileira, conforme anunciado primeiramente...

Após cinco anos de negociações entre as autoridades sanitárias dos dois países, o mercado argentino foi reaberto à carne bovina in natura brasileira, conforme anunciado primeiramente por Blairo Maggi nas redes sociais. “Mais do que o tamanho do mercado importador argentino, o ativo fundamental dessa reabertura é a sinalização dada a terceiros países de que o nosso produto tem livre circulação no Mercosul, também do ponto de vista sanitário”, diz o secretário de Relações Internacionais do Agronegócio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Odilson Luiz Ribeiro e Silva. Leia mais...

Veja também

Genética e nutrição são aliados para melhor qualidade nutricional da carne.25/07/17 A carne suína está cada vez mais presente na mesa do brasileiro. O consumo anual dessa proteína no Brasil chega a 14,5 kg por habitante, segundo a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS, Brasília/DF). Para os próximos dez anos, a previsão de crescimento é de cerca de 21% em produção, consumo interno e......
Saiba como evitar a parasitária bovina na produção.15/01/16 Causador de diversas doenças em bovinos, o carrapato exige controle estratégico para que enfermidades não atinjam o rebanho. Para explicar como evitar que o parasita atrapalhe o rendimento do produtor, o diretor Técnico de......

Voltar para Notícias