Postado em 06 de Setembro de 2017 às

Bem-estar é uma das tendências mais importantes para a suinocultura.

CleanTec do Brasil O médico-veterinário e diretor da Unidade de Suinocultura da MSD, Rudy Claure, acredita que o bem-estar animal e uso racional de antibióticos na produção são duas das tendências...

O médico-veterinário e diretor da Unidade de Suinocultura da MSD, Rudy Claure, acredita que o bem-estar animal e uso racional de antibióticos na produção são duas das tendências mais fortes da suinocultura mundial nos próximos anos e devem influenciar decisões na atividade.
“Vislumbramos várias perspectivas para a cadeia produtiva, mas estas duas são as que mais fortemente devem influenciar nossa maneira de produzir carne suína. Outra questão que vem ganhando cada vez mais força é a sustentabilidade”, afirma. Leia mais...

Veja também

Mais de 40% das exportações de carne suína são destinadas à Rússia.11/05/17 A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA, São Paulo/SP) divulgou levantamentos que indicam que a Rússia é a maior importadora de carne suína do Brasil, expandindo sua participação entre os principais mercados para o setor, sendo destino de 40,5% dos embarques realizados em 2017. No ano, a alta acumulada das vendas para o país chega a 15%......
Plano de Defesa Agropecuária comemora primeiro ano de atividades.02/01/17 Primeiro ano de implementação plena do Plano de Defesa Agropecuária, quando foram assinados novos convênios com esse objetivo e ampliados os já existentes, envolvendo R$ 14,3 milhões. Os Estados beneficiados foram o......
Intensificar com rentabilidade exige pensar em cultura de pastagens.09/03/17 Uma pecuária intensificada e rentável é o sonho de todo produtor. Na opinião do pesquisador da Embrapa Gado de Corte, Armindo Kichel, pensar em ruminantes e não pensar em cultura de pastagens é estar na......

Voltar para Notícias