Postado em 31 de Julho de 2017 às

Carne bovina enfrenta sétima semana consecutiva de recuo nos preços.

CleanTec do Brasil Apesar dos esforços da cadeia, até agora, o ano não apresentou sinais de melhora quanto à demanda por carne bovina. Em média, no atacado, os cortes da carne sem osso estão sendo...

Apesar dos esforços da cadeia, até agora, o ano não apresentou sinais de melhora quanto à demanda por carne bovina. Em média, no atacado, os cortes da carne sem osso estão sendo vendidos em valores 0,5% menores que em igual período do ano passado.
Ao todo são sete semanas seguidas de recuo nos preços. Na média de todos os cortes pesquisados pela Scot Consultoria (Bebedouro/SP), a queda semanal foi de 1,6%.
Nos últimos 30 dias o recuo chega a 3,4%. No período, os cortes do traseiro apresentaram queda 3,3% e, os cortes do dianteiro, desvalorização de 3,6%. Leia mais...

Veja também

Missão japonesa avaliará frigoríficos brasileiros para comércio de carne04/12/15 O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) informou nesta sexta-feira (4) que uma missão japonesa virá ao Brasil para visitar três estabelecimentos produtores de carne bovina termoprocessada – cortes submetidos a tratamento com o uso de calor, como, por exemplo, embutidos cozidos, vísceras cozidas, carne cozida congelada e carnes em conserva (corned......
Custos de produção de aves e suínos caem de forma consecutiva.19/05/17 A Embrapa Suínos e Aves (Concórdia/SC) divulga os índices dos custos de produção de frangos de corte e de suínos. De acordo com a Central de Inteligência de Aves e Suínos (CIAS), os números apontam......
Produtos de origem animal estão 1,66% mais baratos em São Paulo.08/11/16 Boa notícia para as famílias paulistanas: a tendência de queda de preços faz com que o desembolso para aquisição de alimentos em São Paulo caia. Pelo terceiro mês consecutivo, o índice Mensal de......

Voltar para Notícias