Postado em 19 de Agosto de 2016 às 08h45

Carnes estão entre itens que sofreram perdas no setor supermercadista.

CleanTec do Brasil A 16ª Avaliação de Perdas nos Supermercados Brasileiros, apresentada na última quarta-feira (17) no 4º fórum Abras de Prevenção de Perdas, aponta que o setor supermercadista...

A 16ª Avaliação de Perdas nos Supermercados Brasileiros, apresentada na última quarta-feira (17) no 4º fórum Abras de Prevenção de Perdas, aponta que o setor supermercadista brasileiro registrou um índice de 2,26% de perdas em 2015, o que representa em torno de R$ 6,19 bilhões em quedas anuais.
A avaliação foi realizada com base nas informações de 302 redes participantes, que somam 4.346 lojas no País. Desses, 30,53% (empresas respondentes) têm faturamento acima de R$ 100 milhões. Em 2014, essa participação era de 17,84%.
O Fórum foi aberto pelo superintendente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras, São Paulo/SP), Marcio Milan, que ressalta a importância da pesquisa para os varejistas. "Os dados divulgados nesta pesquisa contribuem para o planejamento das empresas supermercadistas, para que possam reduzir as perdas, definir estratégias e ampliar a eficiência das lojas, e assim melhorar ainda mais seus serviços aos consumidores", destaca. Leia mais...

Veja também

Exportação de carne aos EUA pode ser autorizada em até 60 dias.18/07/17 O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF), Blairo Maggi, encontrou-se com o secretário de Agricultura dos Estados Unidos, Sonny Perdue, em Washington (EUA) na última segunda-feira (17). De acordo com o ministro brasileiro, é possível que a reabertura do mercado norte-americano á carne bovina in natura brasileira ocorra em 30 ou 60......
Aumento nas compras chinesas de carnes impulsiona setor catarinense.25/09/17 O diretor Executivo da Associação Catarinense de Avicultura (ACAV) e do Sindicato das Indústrias da Carne e Derivados (Sindicarne), Ricardo de Gouvêa, acredita que Santa Catarina está colhendo os frutos de décadas de......
Brasil volta a exportar carne suína in natura para África do Sul.13/01/17 O Brasil vai retomar as exportações de carne suína in natura para venda livre (no varejo) para a África do Sul. O departamento de Negociações Não Tarifárias do Ministério da Agricultura,......

Voltar para Notícias