Postado em 06 de Fevereiro de 2017 às

Cinco semanas de queda de preços desvalorizam carne bovina em 6%

CleanTec do Brasil O ano começou difícil para a indústria frigorífica brasileira. Até agora, o mercado de carne bovina segue sem apresentar alta. São cinco semanas de quedas de preços, mais de 6%...

O ano começou difícil para a indústria frigorífica brasileira. Até agora, o mercado de carne bovina segue sem apresentar alta. São cinco semanas de quedas de preços, mais de 6% de desvalorização acumulada no período. No acumulado dos últimos sete dias o recuo foi de 1,93%, em média.
Os recuos maiores quase sempre vêm da carne de traseiro, produto normalmente mais caro que o dianteiro e, portanto, menos demandado em períodos de renda restrita como o atual. Leia mais...

Veja também

Exportações de carne suína mantêm ritmo positivo27/11/15 As exportações brasileiras de carne suína (considerando todos os produtos, entre in natura e processados) mantiveram em outubro o ritmo positivo acumulado ao longo do ano, segundo dados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA)....
Índice de Custos de Produção para suínos e frangos apresenta queda.17/08/17 Os índices de custos de produção da Embrapa (Brasília/DF), chamados de ICP, foram criados em 2011 pela equipe de socioeconomia da Embrapa Suínos e Aves (Concórdia/SC) e Conab (Brasília/DF). Os custos mantiveram......
Produtos de origem animal estão 1,66% mais baratos em São Paulo.08/11/16 Boa notícia para as famílias paulistanas: a tendência de queda de preços faz com que o desembolso para aquisição de alimentos em São Paulo caia. Pelo terceiro mês consecutivo, o índice Mensal de......

Voltar para Notícias