Postado em 06 de Fevereiro de 2017 às

Cinco semanas de queda de preços desvalorizam carne bovina em 6%

CleanTec do Brasil O ano começou difícil para a indústria frigorífica brasileira. Até agora, o mercado de carne bovina segue sem apresentar alta. São cinco semanas de quedas de preços, mais de 6%...

O ano começou difícil para a indústria frigorífica brasileira. Até agora, o mercado de carne bovina segue sem apresentar alta. São cinco semanas de quedas de preços, mais de 6% de desvalorização acumulada no período. No acumulado dos últimos sete dias o recuo foi de 1,93%, em média.
Os recuos maiores quase sempre vêm da carne de traseiro, produto normalmente mais caro que o dianteiro e, portanto, menos demandado em períodos de renda restrita como o atual. Leia mais...

Veja também

Inseminação artificial: uma realidade brasileira.04/07/16 É cristalino o avanço do Brasil em tecnologias para a produção de suínos, e este mesmo progresso é visualizado dentro da utilização da Inseminação Artificial (IA). Nas palavras do professor de Produção Animal do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), campus São Miguel do Oeste (SC), Diogo Magnabosco, essa é uma......
Gado vivo e carne bovina paranaense retomam passe livre ao Líbano.31/08/16 O Paraná poderá retomar os embarques de gado vivo e de carne bovina para o Líbano. A liberação, decidida pela direção de Recursos Animais do Ministério da Agricultura daquele país, foi baseada em......
Um novo conceito para criação de frangos de corte.02/02/16 Frangos de Corte – Este vídeo feito pela Vencomatic uma empresa Holandesa já presente no Brasil, mostra um novo conceito para criação de frangos de corte, com eclosão dentro do próprio aviário. Muito......

Voltar para Notícias