Postado em 21 de Março de 2016 às

IBGE: Em relatório 2015 das proteínas, aves e suínos protagonizam recorde de abates.

CleanTec do Brasil O abate de suínos cresceu 5,7% e o de frango 5,4% em 2015 na comparação com 2014, estabelecendo novos recordes. Os dados são Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE, Rio de...

O abate de suínos cresceu 5,7% e o de frango 5,4% em 2015 na comparação com 2014, estabelecendo novos recordes. Os dados são Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE, Rio de Janeiro/RJ) e fazem parte dos resultados do abate de animais, produção de leite, couro e ovos referentes ao quarto trimestre do ano passado, divulgados juntamente com o fechamento de 2015.

Suínos. Em 2015, foram abatidas 39,26 milhões de cabeças de suínos, com a série anual mostrando crescimento ininterrupto da atividade desde 2005, o que acabou culminando com o novo patamar recorde de 2015. O peso acumulado das carcaças de suínos alcançou 3,43 milhões de toneladas em 2015, com aumento de 7,4% em relação a 2014. Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná foram lideraram o abate de suínos. Em relação a 2014, Santa Catarina e Paraná aumentaram o volume de cabeças abatidas, enquanto o Rio Grande do Sul teve queda.

Aves. O crescimento de 5,4% no abate de frangos, também um novo recorde, reflete o resultado acumulado no ano passado (abate de 5,79 bilhões de cabeças de frango), o que levou o segmento a alcançar um novo resultado inédito. Leiam mais...

Veja também

Instrução normativa sobre entrada de produtos de origem animal no Brasil é elogiada 17/05/16 O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF) publicou instrução normativa que trata da lista de produtos de origem animal destinados ao consumo humano ou animal autorizados a ingressar no território brasileiro, sem a necessidade de apresentação de certificado sanitário por passageiros vindos do exterior. Essas regras......
Saiba como evitar a parasitária bovina na produção.15/01/16 Causador de diversas doenças em bovinos, o carrapato exige controle estratégico para que enfermidades não atinjam o rebanho. Para explicar como evitar que o parasita atrapalhe o rendimento do produtor, o diretor Técnico de......
Chineses demonstram interesse em fusões na área bovina.14/06/17 Para informar sobre os benefícios dos investimentos no Brasil, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF), Blairo Maggi, viaja em missão à China para participar da reunião de ministros da......

Voltar para Notícias