Postado em 26 de Janeiro de 2016 às 10h30

Livro sobre produção animal e recursos hídricos será lançado em março.

CleanTec do Brasil Chamado de “Produção Animal e Recursos Hídricos”, o livro é composto por 11 capítulos e conta com a participação de especialistas nacionais e internacionais....

Chamado de “Produção Animal e Recursos Hídricos”, o livro é composto por 11 capítulos e conta com a participação de especialistas nacionais e internacionais. Estudantes, pesquisadores, profissionais agropecuários e gestores públicos e privados terão acesso a informações sobre nutrição animal, legislação ambiental e uso de resíduos como fertilizante, temas relacionados à água e podem contribuir para sua conservação em quantidade e qualidade. Além disso, quatro capítulos apresentam experiências hídricas do Brasil, Argentina, Portugal e Nova Zelândia.

O pesquisador, coordenador do evento e da publicação, Julio Palhares, destaca que esta é a primeira vez que um livro com essa temática é elaborado no Brasil. “Considerando que a produção animal brasileira representa 13% do consumo de água no país, segundo os últimos dados da Agência Nacional de Águas, um livro que trata desse assunto irá auxiliar todos os atores das cadeias produtivas no manejo e gestão do recurso natural, dando mais eficiência a esse uso”, ressalta. leia mais...

Veja também

Análise de língua azul é fundamental para exportação de bovinos.26/07/17 A língua azul é uma doença infecciosa, não contagiosa e transmitida por mosquitos do gênero Culicoides sp. Não é possível exportar os bovinos vivos sem a análise prévia com relação à enfermidade, já que este processo faz parte do protocolo sanitário para exportação. O Laboratório de Viroses......
Brasil mira na ampliação dos embarques de carne resfriada ao Egito.20/09/17 Uma reunião entre a Câmara de Comércio Árabe Brasileira e representantes de frigoríficos, associações, empresas de logísticas e tradings que atuam no setor de carne bovina demonstrou as demandas e......
Alta do milho e queda da soja na última avaliação - Cepea.16/03/16 Os preços do milho seguem em alta em todas as regiões acompanhadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea, Piracicaba/SP), influenciados pela posição firme de vendedores e pela demanda aquecida. Na......

Voltar para Notícias