Postado em 09 de Dezembro de 2015 às 09h46

Maranhão quer investir em comércio de animais vivos

CleanTec do Brasil Os embarques de bois vivos por Vila do Conde, em Barcarena, no Pará, podem estar com os dias de "quase exclusividade" contados. O porto responde por 98% das operações nacionais desse tipo de...

Os embarques de bois vivos por Vila do Conde, em Barcarena, no Pará, podem estar com os dias de "quase exclusividade" contados. O porto responde por 98% das operações nacionais desse tipo de carga, mas, além de Rio Grande ter novamente registrado o escoamento de animais, o Maranhão também passou a cobiçá-lo. (Fonte)
 

Veja também

Avicultura industrial de SC enfrenta dificuldades no mercado mundial.16/11/16 Avaliando o cenário mundial, o presidente da Associação Catarinense de Avicultura (ACAV, Florianópolis/SC), José Antônio Ribas Júnior, elenca as deficiências infraestruturais e a pesada carga tributária como dificuldades enfrentadas pela avicultura industrial para competir no mercado mundial. O Estado possui mais de 17 mil suinocultores e avicultores......
MAPA promove campanha com indígenas para vacinação de gado.08/05/17 Nas primeiras campanhas, o cenário era outro. Havia forte resistência dos indígenas em relação à vacinação do rebanho. “No início do programa, muitas comunidades eram contra o nosso trabalho,......
Phibro apresenta solução para aumentar produção e qualidade do leite.04/07/17 A Phibro Saúde Animal (Campinas/SP) anuncia uma solução que vai auxiliar nas fazendas leiteiras, principalmente no início e meio da lactação. A análise de um compilado de cinco trabalhos desenvolvido pelo......

Voltar para Notícias