Postado em 14 de Fevereiro de 2017 às 13h42

Nova vacina contra febre aftosa é desenvolvida para casos de emergência.

CleanTec do Brasil Para manter a condição do Brasil de zona livre da febre aftosa, o Instituto Biológico (IB, São Paulo/SP) iniciou o desenvolvimento de uma vacina para uso emergencial no futuro. O objetivo é...

Para manter a condição do Brasil de zona livre da febre aftosa, o Instituto Biológico (IB, São Paulo/SP) iniciou o desenvolvimento de uma vacina para uso emergencial no futuro. O objetivo é que o produto permita resposta imunológica rápida com objetivo de conter focos em caso de reintrodução do vírus em áreas livres sem vacinação.
De acordo com a pesquisadora do IB, Edviges Maristela Pituco, a meta é ter a vacina em dez anos. “O mecanismo de ação dela é diferente da vacina usada atualmente, pois será aplicada apenas quando houver focos da doença, por isso, precisa de uma ação muito mais rápida para contenção de focos em casos de emergência sanitária”, explica. Leia mais...

Veja também

Plano de Prevenção à Influenza Aviária estabelece procedimentos ao setor.26/12/16 Apesar de os planteis paulistas não registrarem nenhuma ocorrência da Influenza Aviária (IA) até hoje, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA, São Paulo/SP) envolveu todos os seus departamentos na prevenção da doença, especialmente a Defesa Agropecuária (CDA), que normalmente já executa atividades de......
Demanda interna exige que Brasil importe 400 mil toneladas de pescado.15/09/16 Apesar de a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendar que cada pessoa ingira 12 quilos de peixe por ano, o consumo brasileiro per capta anual é de apenas nove quilos. Mesmo assim, a produção interna não......

Voltar para Notícias