Postado em 19 de Junho de 2017 às

Rússia mantém confiança na carne suína brasileira e aumenta importação.

CleanTec do Brasil De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA, São Paulo/SP), a Rússia mantém-se como o maior importador de carne suína do Brasil (com 40,3% do total), sendo...

De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA, São Paulo/SP), a Rússia mantém-se como o maior importador de carne suína do Brasil (com 40,3% do total), sendo destino de 111,1 mil toneladas entre janeiro e maio deste ano, volume 10% superior ao obtido no mesmo período do ano passado.
O presidente-executivo da associação, Francisco Turra, explica que a Rússia é a principal parceira comercial do Brasil no setor de suínos e tem incrementado suas compras nos últimos anos, confiando ao setor brasileiro uma importante parcela do fornecimento destes produtos ao seu mercado. “Hoje, os exportadores brasileiros são responsáveis pela maioria absoluta das importações russas de carne suína”, analisa. Leia mais...

Veja também

Exportação de carne suína cresce em novembro e é o melhor resultado do ano08/12/15 Boa notícia para o setor cárneo! As exportações de carne suína in natura cresceram 51% em novembro, em comparação ao mesmo mês de 2015, e já se tornam o melhor resultado do ano. Em total, foram enviadas 55,2 mil toneladas a outros países. As informações são da Associação Brasileira de Proteína Animal......
MDIC aposta em Índia e México como novos mercados para aves e suínos10/06/16 Acordos internacionais são sendo negociados pela Secex junto ao ministério A reunião realizada na última terça-feira (07) entre o presidente-executivo da Associação Brasileira de Proteína Animal......
Ação expande negócios de aves e suínos para a China 02/05/16 Entre os dias 5 e 7 de maior, em Sanghai na China, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA, São Paulo/SP), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos......

Voltar para Notícias